Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



Não me diga palavras que eu não ouvir, não rode a baiana, não saia da cama, preciso de ti. Não me faça promessas, não enrole a conversa, deixe o amor fluir, mergulhe nesse sonho preciso sentir... Não mude a conversa, pois uma coisa é certa: o amor precisa existir, o amor não se faz de rogado, repare o casal ao lado, são flores, alquimia e beijos, fantasias, sonhos e desejos, não fale besteiras, talvez eu queira insista, talvez eu não queria, desista. Decerto, apenas palavras não tenham surtido efeito, tá certo o amor sempre contradiz defeitos.

Genésio Cavalcanti,
Palmares, hoje e sempre!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia