Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



- No muro das ilusões, pintei minha arte mais bela, você que aparece nela, fascínio de bela pintura, retocada por minhas mãos, sob olhar de contemplação. Nos jardins da estrada, não preciso de roupa engomada, apenas de uma flor de encanta, de uma flor encantada. Na manhã da aurora boreal, preciso encontrar seu sorriso por mais longe que ele possa estar, minha roupa de puro linho, serve apenas de burburinho pra quem me ver passar, nos jardins da estrada, não preciso de roupa engomada. No mar de amor, onde tudo começou, escrevi na areia fina nosso poema predileto que reinventa nossas vidas, mas o que eu quero mesmo é você bem perto e de apenas uma flor, de uma flor encantada.

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia