BASTAR-ME-IA TEU OLHAR...

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja




Bastar-me-ia teu olhar
Para anunciar todo o amor
Que sinto por você
Minha voz não haveria de cessar
Minha vontade, meu querer
Dar-te-ia o céu e a terra
E sem alguma espera
Beijando sua boca, diria:
Oh! minha doce donzela
Ah! esses olhos amendoados
Que de tão pura, tão bela
Que eu olho para viver
Entre todos os meus pecados
Dissonantes, desajustados
Para o seu ouvido entender
Que o meu amor por você
De tão grande, incessante
Eu me perguntaria, então:
Se viver sem ter você
Haveria alguma razão!

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia