DESVARIO

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



Longe, naquele rio
A chuva escorre
E no meu peito
Um louco desvario
Lento e indolente
Se aloja presente

Amigos de solidão
As pedras e o fiio
Cúmplices do mesmo
Tão louco desatino
Observam a mudez
Do intrépido destino

E no horizonte
As nuvens se apagam
E as cores sem brilho
Ao vento se atracam
Desolados na cadência
Da correnteza do rio

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia