SEM PERDAS E DANOS

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja




Perdoa meu amor
Esse amor profano
Que de tão sensual
Vive a me provocar
E me deixa insano
Perdoa-me se puder
Porém, outra beleza
De qualquer mulher
Fidalga, princesa, realeza
Quando linda se despe
E pra mim se oferece
E lhe cubro com meu calor
De beijos e carinhos
Fico vaidoso e ufano
É pra você somente
Que entrego-me totalmente
Sem perdas e danos

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia