VOLÚPIA

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja




Eis-me aqui...
Febril, delirante
A querer-te, a amar-te
Pulsante é meu amor
Frenético a desejar-te!
E na volúpia do desejo
A ti, entrego minha alma
Junto com meu coração
Envolvidos num só ser!
E de quebra dar-te-ei
Tudo que me pertencer
E mesmo sem saber
O que em você possa existir...
Em cada pedaço de mim
Meu desejo irá insistir!
E se por acaso o amor sobrar...
Mesmo que seja o fim
Saiba você, meu amor
Que continuará sempre a pulsar
Todo o meu amor
A querer-te a desejar-te

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia