Às margens do Rio...

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja

No vazio do meu peito
Corre um rio sem leito
De água doce a navegar
Que me pega de jeito
Que me faz sorrir
Que me faz delirar

E esse vento infindo
Que nos meus ouvidos
Chega e sopra zunindo
E que me leva pro mar

O vento que sopra na areia
Em noite de lua cheia
A concha, o mar, a sereia
Me faz feliz, me faz sonhar

Meu porto primeiro
Nas velas de um timoneiro
Que no coração de amar
São tantos segredos
Que não se pode revelar


O meu coração é do mar
Do mar, de amor a navegar
Do mar que nunca seca
Que nunca irá em mim se apagar!

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia