SOLIDÃO

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja


A solidão bate forte
Dentro do meu peito
Pelo amor desfeito
Preciso mudar de sorte
Conhecer outro amor
Encontrar meu norte!
Não tenho medo de escuro
Quando as vezes me procuro
Nesse vazio sigo buscando...
Ignoro quando me falam:
"Arranje outro alguém!"
Aí de vez quebro o juramento
Enraivecido, digo não, perjuro
Pois o tempo me condena
Quando olho pro jardim
Doce flor, linda açucena
Como se enxergasse a outra flor
Sou castigado sem dó nem pena!
Mas como todo sonhador
Darei a volta por cima...
Não esquecerei o passado
Pois tendo a solidão ao meu lado
Esse amor será por mim...
Esquecido, superado, desprezado!

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia