NÃO DIGA QUE MEU AMOR...

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



Não diga que meu amor...
É fruto de um sentimento vazio!
Que surgiu repentinamente
E que na escuridão do tempo...
Do dia pra noite pintou, reluziu!
Seria a mais cruel das acusações
Meu amor é puro na sua essência!
Canta e renova-se a cada alvorada
Sem ser por favor ou coincidência!
E é na calmaria da madrugada
Que ele se fortalece a cada dia
Com ternura, com transparência!

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Comentários .

  1. Muito lindo seu blog poeta! Amei seus poemas, parabéns!
    Um grande abraço
    Gena Maria

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia