EM CADA FEVEREIRO DO MEU SER...

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



Em cada fevereiro do meu ser...
Existe uma saudade adormecida!
Que um dia foi tirada abruptamente
Sem um beijo, sem uma despedida!
Definitivamente, não gosto de surpresas
Prefiro resguardar-me na monotonia...
Do cotidiano, dos hábitos, da rotina!
Resta-me seguir sem entender:
Por que tantos duvidáveis porquês?
A vida sempre nos guarda surpresas!
Invariavelmente a vida se vive
Pelo que se constata nossa retina
São momentos felizes, tristonhos...
Mas, essencialmente de incertezas!

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

2 Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.
  2. Comentei que era divino...Pois não tinha atentado ainda para o verdadeiro significado do escrito. Mas,agora que descobri os que diz e escreve o poeta vem uma saudade e uma lembrança triste pela perda e outra lembrança feliz pelos belos e bons momentos vividos ao lado deles. Muito obrigado meu nobre amigo,irmão,parceiro da arte,poeta e grande ser iluminado GENÉSIO CAVALCANTI.

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia