PERDAS E DANOS

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



De todas as minhas perdas
A que mais doeu, machucou,
Foi ter perdido você!
O tempo sorria alegremente
Naquela tarde de tristezas.
No horizonte brilhava reluzente
O sol com todo seu esplendor.
Não sabia ele que naquela hora
Desfazia-se um caso de amor!
Nossas mãos, aos poucos
Foram sendo desatadas,
Nosso sorriso já sem jeito
Perdia a elegância da simpatia
e a suavidade do frescor.
O amor mansamente se despedia
de tudo que um dia imaginou.
Seus olhos não mais encantarão
o brilho dos meus. 
Sua voz que tantas vezes
aos meus ouvidos sussurrou
palavras de carinho com fervor,
agora cala-se amargurada. 
A solidão já habita nossos corações.
Nossos caminhos serão trilhados
em linhas separadas.
Cada um toma rumo próprio, seguindo
sozinho o caminho que escolheu.
Quanto aos nossos sonhos, 
sonhos que um dia nos embalou
despeço-me com um simples adeus!

Genésio Cavalcanti 
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia