DESENGANOS D'ALMA

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja




Pedaços entrecortados de mim
Sofrem, reclamam. Esperneiam!
Revolucionam-se na consciência.
Não dá pra disfarçar o pensamento
Mesmo quando às vezes eu tento
Enganar a mente. Aí, novamente
Meu olhar cobra à inteligência
Os porquês de tantos conflitos,
De tanta briga, tanta desavença?
E quem mais sofre é justamente
Aquela que vive em mim o momento
Dos atos insanos que cometidos
Por tristeza ou mesmo desengano
Em males e erros deliberadamente
Denotam suas consequências:
A nobreza d'alma! A alma agredida
Sente-se maltratada, desprovida.
Aí, nasce a dor, a lágrima, a desilusão.
A alma carente de amor, carinho,
Contesta sua existência, sua missão...
E, triste, ferida pontiagudamente
Por todas as razões acometida
Sangra imensamente meu coração!

Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia