QUANDO SEU CORPO

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja



Quando seu corpo
No meu se encaixou,
Não haveria engano!
Estava claro, evidente
Que era a mais pura
Sensata e perfeita
Junção de amor!
Meu corpo quente
Em deleite, delirou.
Seu corpo em chamas,
Passeando no meu
Loucamente se entregou!
Desejos incessantes,
Vontade, voz que clama,
Sussurros delirantes.
Por amor, amor, amor!

Genésio Cavalcanti 
Palmares, hoje e sempre! 
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia