A LENTIDÃO DAS HORAS

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja


A lentidão das horas
Atordoa meu pensar.
Adio datas, compromissos
Ignorando, retardo tudo aquilo
Que leva o pensamento
Como um moinho de vento
Girando contra o próprio tempo
Prestes a parar, encalhar! 
Passam-se segundos, minutos
E as horas... continuam,
Continuam lentas no ponteiro
Esperando calmas e silenciosas
Como um filme em câmera lenta
Retardando todo o desenrolar
Do enredo do seu mensageiro! 

Ser Poeta - By Genésio Cavalcanti 
Palmares, hoje e sempre! 
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia