NÃO SEI DE DIREITO

Autor: Genésio Cavalcanti Seja Bem Vindo Ao Blog - Ser Poeta : »
Veja


Não sei de direito
Quando tudo aconteceu
Só sei que quando a vi
Pela primeira vez
Tudo em mim estremeceu!
Eis que um corpo aparece
Desenhado de ilusão e enredo
O que poderia justificar
Àquela ansiedade
Insegurança, emoção, medo?
Ou apenas de tanto desejo
Fui tomado por um frisson
Pela lasciva da sensualidade?

 Genésio Cavalcanti
Palmares, hoje e sempre!
Preserve os direitos do autor!

Deixe seu comentário

    Obrigado!

    Obrigado!

    Agradeço por sua presença nessa
    viagem que fizemos juntos...
    Espero outras vezes navegarmos,
    neste mesmo sonho!

    Curta Nossa Poesia